Navegador sem suporte a javascript JavaScript!

Termas de Caldas de Aregos reabriram ao público no dia 1 de Junho de 2009

Termas de Caldas de Aregos



Tabela de Preços para 2012


[Formato . pdf - 92 KB]

As Caldas de Aregos são um dos espaços termais mais reconhecidos, no Norte do país. Estas termas existem desde o século XII, quando D. Mafalda, Rainha de Portugal, mandou ali construir uma Albergaria, percursora dos diversos balneários termais que se sucederam ao longo dos tempos. O actual balneário foi integralmente reconstruído na década de 1990.

As águas minerais naturais das Caldas de Aregos são sulfúreas, bicabornatadas, sódicas e fluoretadas, com um elevado PH de 9,2 captadas a 62ºC e a 63 metros de profundidade, em furos capeados, que as protegem dos agentes poluidores superficiais e lhes garantem limpidez, pureza bacteriológica e estabilidade físico-química.

As principais indicações situam-se na área da prevenção e cura das doenças ortopédicas, doenças de reumatismo, doenças das vias respiratórias, sinusites e doenças da pele.

Recentemente adquiridas pelo Município, as Termas de Caldas de Aregos reabriram ao público a partir do dia 1 de Junho de 2009, disponibilizando os seguintes tratamentos:

Vias Respiratórias:
  • Irrigação
  • Inalação
  • Pulverização
  • Nebulização em Câmara
Banhos:
  • Imersão Simples
  • Imersão com aeorobanho
  • Imersão com subaquático
  • Imersão com hidromassagem
  • Duche de jacto
  • Duche escocês
  • Duches parciais
  • Duche vichy
  • Vapor parcial
  • Vapor Integral
  • Bertholet (maca)
Pelóides:
  • Aplicação de lamas

Contactos:
254 875 259 ou  254 874 001

Saiba mais: Visite o web site das Termas de Caldas de Aregos.





Termas de Caldas de AregosTermas de Caldas de AregosTermas de Caldas de AregosTermas de Caldas de AregosTermas de Caldas de AregosTermas de Caldas de Aregos